Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid é o mais potente da linha

Com o novo Panamera Turbo S E-Hybrid, a Porsche lança pela primeira vez um híbrido plug-in como maior destaque da sua linha. O motor 4.0 V8 do Panamera Turbo funciona em conjunto com um motor elétrico, somando 680 cv de potência combinada e com o impressionante torque de 86,7 kgfm logo às primeiras rotações. É o torque imediato do motor elétrico de 136 cv que permite tal proeza. De acordo com o fabricante, o Panamera Turbo S E-Hybrid acelera de 0 a 100 km/h em 3s4, chegando a 310 km/h. A estratégia de impulsão do Panamera híbrido, que tem tração integral, vem do esportivo 918 Spyder. Segundo o New European Driving Cycle (ciclo computadorizado para definição do consumo de combustível em laboratório), a média de consumo de combustível do carro é de 2,9 litros para cada 100 km (cerca de 35 km/litro) e ele pode percorrer até 50 quilômetros em modo totalmente elétrico.

O lançamento do novo híbrido da marca alemã chega logo depois do Panamera 4 E-Hybrid, que tem motor V6 funcionando em conjunto com um motor elétrico. No caso do Turbo S E-Hybrid, o motor elétrico de 136 cv funciona em conjunto com um motor V8 turbo de 550 cv.  O câmbio éum PDK (Porsche Doppelkupplung) de dupla embreagem e 8 marchas com tração integral de série (Porsche Traction Management - PTM). O Panamera Turbo S E-Hybrid vem com suspensão pneumática de série. O motor elétrico recebe energia de uma bateria de íons de lítio refrigerada por líquido, com capacidade de 14,1 kWh. O Panamera Turbo S E-Hybrid é equipado de série com ar-condicionado auxiliar para resfriar ou aquecer o compartimento de passageiros mesmo durante a operação de carga dabateria de lítio.

O Porsche Panamera Turbo S E-Hybrid arranca normalmente no modo elétrico "E-Power", podendo rodar até 50 km com emissão zero de poluentes. Quando o pedal do acelerador é pressionado além de uma determinada força, ou quando o nível de carga da bateria cai abaixo de um valor mínimo, o Panamera troca para o modo "Hybrid Auto", em que entra a propulsão dos dois motores. O novo Panamera será lançado no mercado europeu em julho deste ano e chegará ao Brasil no fim de 2017. Já em seu lançamento, será oferecido também uma versão executiva, com distância entre eixos 150 mm maior. Como parte de seu equipamento de série, o Panamera Turbo S E-Hybrid tem freios de composto de cerâmica (Porsche Ceramic Composite Brake - PCCB), controle dinâmico esportivo do chassi (Porsche Dynamic Chassis Control Sport - PDCC Sport), sistema de vetoreamento de torque Plus (PTV Plus), assistência de direção Power Steering Plus e rodas de liga leve de 21 polegadas. O pacote básico tem ar-condicionado auxiliar, elementos aerodinâmicos adaptativos e suspensão pneumática de três câmaras incluindo o sistema Porsche de gerenciamento ativo da suspensão (Porsche Active Suspension Management - PASM). A versão mais longa é equipada de série com eixo traseiro direcional.

Mais posts relacionados

Um primeiro dia frio e molhado em Suzuka

O primeiro dia do GP do Japão teve condições frio e chuva

Royal Enfield amplia opções de cores da Himalayan

Três novas cores já estão disponíveis em toda a rede de concessionárias da marca sem mudança de preço

BYD Dolphin Mini é apresentado em São Paulo

Modelo pretende seguir os passos do "irmão mais velho" BYD Dolphin

Citroën 2 CV comemora seu 75º aniversário

Citroën 2 CV teve 5.114.969 unidades produzidas entre 1949 e 1990

Este Ford Modelo 18 de 1936 será o destaque do 30º Encontro Sul-Brasileiro de Veículos Antigos

O encontro ocorrerá nos dias 17, 18 e 19 de novembro nos pavilhões da Fundaparque, em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha

Publicidade