Subaru Forester

Se existe uma marca atual de automóveis que pode ser considerada “cult”, ou seja, daquelas cujos usuários são fanáticos por seus produtos, essa marca é a japonesa Subaru. Pequena, mas altamente tecnológica, a Subaru tem como laboratório de desenvolvimento as pistas de competição, tanto no asfalto quanto fora dele. A divisão de automóveis faz parte de um enorme conglomerado industrial, a Fuji Heavy Industries Ltd., que, entre outros produtos, produz também equipamentos aeroespaciais.

É claro que os fãs mais dedicados da Subaru curtem principalmente os esportivos da marca, como o Impreza WRX STI, praticamente um automóvel de competição homologado para rodar nas ruas, mas a linha de veículos é mais extensa, desde hatches aparentemente comportados até este utilitário esportivo que esconde sua verdadeira personalidade.

O Subaru Forester é um veículo familiar, mas que leva consigo toda a tecnologia da marca. O resultado é um veículo funcional e confortável, mas com desempenho e durabilidade compatíveis com os modelos mais avançados do line-up da Subaru. É como ter seu esportivo em uma versão para toda a família.

A quarta geração do Subaru Forester é muito recente. Desde a primeira geração, de 1997, ele vem evoluindo muito em relação ao visual, pois para ser bem exato, a primeira versão era bem “feinha”. Mas já muito equilibrada e funcional.

Duas grandes diferenças conceituais podem ser encontradas em um Forester, quando comparado com seus concorrentes alemães, como o BMW X3 ou o Audi Q3: a simplicidade e a dirigibilidade. Quanto ao primeiro conceito, a constatação é fácil, já que os alemães são excessivamente sofisticados e este japonês se preocupa mais com a funcionalidade. Mas não é muito fácil admitir que, apesar de os rivais contarem com excelentes máquinas, o Forester, ainda assim, oferece equilíbrio ainda maior, principalmente devido à tração integral.

O Forester 2.0 XT tem motor de quatro cilindros boxer, ou seja, os cilindros são contrapostos dois a dois, como o motor do nosso velho Fusquinha. Mas tem tecnologia: injeção direta de gasolina e turbocompressor twin scroll, resultando em uma potência de 240 cv e torque de 35,7 kgfm. O câmbio é contínuo CVT e a tração é integral. O preço do Subaru Forester 2.0 XT é de R$ 135.000.

Mais posts relacionados

Um primeiro dia frio e molhado em Suzuka

O primeiro dia do GP do Japão teve condições frio e chuva

Royal Enfield amplia opções de cores da Himalayan

Três novas cores já estão disponíveis em toda a rede de concessionárias da marca sem mudança de preço

BYD Dolphin Mini é apresentado em São Paulo

Modelo pretende seguir os passos do "irmão mais velho" BYD Dolphin

Citroën 2 CV comemora seu 75º aniversário

Citroën 2 CV teve 5.114.969 unidades produzidas entre 1949 e 1990

Este Ford Modelo 18 de 1936 será o destaque do 30º Encontro Sul-Brasileiro de Veículos Antigos

O encontro ocorrerá nos dias 17, 18 e 19 de novembro nos pavilhões da Fundaparque, em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha

Publicidade