Receba nossa newsletter

Motocicletas » Avaliações

Conheça a nova Honda NC 750X

Várias são as qualidades que uma boa motocicleta pode ter. Para aqueles que procuram desempenho radical, as superesportivas são as ideais, porém com a contrapartida de oferecerem pouco conforto para o piloto, em quaisquer forma de utilização. As naked urbanas são bem mais versáteis e se prestam bem para o uso no dia a dia, só que sem aptidão para um astrada não asfaltada. Já as motocicletas de uso misto se adaptam a qualquer tipo de terreno, até oferecendo mais conforto de pilotagem no uso urbano, contudo ainda podem ter alguma restrição na altura do banco ou na robustez das suspensões. É aí que entra um dos mais recentes estilos para as motocicletas, as crossoveres. Crossover, como o próprio nome em inglês a define, é a motocicleta que extrai o melhor de cada estilo em prol do conforto de pilotagem, da versatilidade para uso urbano e da polivalência em relação a pisos não tão lisos. Há dois anos a Honda lançou a NC 700X, uma crossover fácil de ser pilotada e extremamente dócil aos comandos. Muito atenta às observações feitas pela imprensa especializada e pelos próprios usuários, a Honda reformulou o modelo e apresenta agora a NC 750X.
Visualmente muito parecida com a versão anterior, a Honda NC 750X pode ser diferenciada facilmente pelo motor pintado de preto (antes era cinza) e por detalhes mais sutis, como o banco com revestimento mais rugoso e os pneus, que mudaram do Continental para o Pirelli.
As diferenças mecânicas são mais fáceis de serem compreendidas, quando analisadas friamente pelos números envolvidos, porém mais sutis de serem notadas quando se está ao comando da nova Honda NC 750X.
A maior cilindrada, que passou de 670 cm3 para 745 cm3, foi obtida pelo aumento do diâmetro dos pistões de 73 mm para 77 mm. O curso de 80 mm foi mantido. Com isso, a potência aumentou para 54,8 cv a 6.250 rpm (antes era 52,5 cv à mesma rotação) e o torque passou dos 6,4 kgfm para 6,94 kgfm, nos dois casos à rotação de 4,750 rpm.
O aumento de cilindrada de cerca de 11% foi responsável por 4,4% a mais na potência e 8% no torque, este último o mais notado na pilotagem, graças à sua curva com valores mais acentuados na faixa das 2.000 rpm. De acordo com a Honda, esses novos valores permitiram uma melhora de cerca de 10% no desempenho e até 6% no consumo de combustível. A velocidade máxima passou de 167,1 km/h para 174,7 km/h, uma melhora de quase 5%. Além dessas alterações, o motor da nova NC 750 ganhou mais um eixo contrabalanceiro, o que tornou o bicilíndrico refrigerado a água ainda mais suave.
Visualmente, pouca coisa mudou na Honda NC. O motor agora é cinza e o painel de instrumentos digital ganhou novas funções, como o visualizador de marcha engatada e o computador de bordo com indicação de consumo instantâneo, consumo médio e quantidade de combustível utilizado. O banco tem nova textura, para evitar que o garupa deslize em acelerações e frenagens mais acentuadas.
Rodando com a nova Honda NC 750X, a melhora no torque em baixas rotações é mais facilmente notada do que o aumento da potência máxima, o que apenas poderia ser notada em pilotagem mais agressiva. E esse não é o objetivo dessa motocicleta, que tem um motor vigoroso porém de baixa rotação, o que originou algumas reclamações na versão de 670 cm3 e foi resolvido no de 745 cm3. É que o corte eletrônico de rotações, que acontecia muito cedo, bem próximo da rotação de potência máxima (6.250 rpm) agora entra em funcionamento 400 rpm mais acima, o que praticamente elimina a possibilidade do incômodo corte de aceleração quando se passa muito da rotação ideal de funcionamento.
O novo pneu Pirelli, além da óbvia diferença no desenho da banda de rodagem, tem formato mais acentuado no corte tranversal, o que facilita muito as manobras em curvas em baixas velocidades. Isso ficou bem perceptível.
A Honda NC 750X é produzida na fábrica de Manaus, AM, enquanto que sua versão custom, a CTX 700N, continua a ser importada com o motor antigo. A razão de a CTX não ganhar o motor novo é que, como é feita para o mercado global, deve se adaptar às legislações locais. No Japão, por exemplo, para passar de uma 700 cm3 para uma 750 cm3, o motociclista deve fazer um exame e passar para uma nova categoria de habilitação. Já na Europa, onda a CTX também é vendida, passar dos 700 cm3 para os 750 cm3 significa passar para uma nova faixa de tributação, o que elevaria muito o seu preço final.
Disponível na rede da marca aqui no Brasil a partir da segunda metade de fevereiro, a Honda NC 750X custará R$ 28.890 na versão normal e R$ 31,100 com ABS. A cor branca continua e foi adicionada a nova cor preta na família NC. Não haverá mais a NC vermelha.

Publicações recentes

Automóveis

Encontro mundial reúne fãs do Citroën 2CV em Portugal

Amantes do modelo da Citroën promovem o 22º Mundial 2CV, reunião de fãs do Deuche teve como ponto de encontro a região da Ericeira, estação turística portuguesa na costa do Atlântico

veja mais

Motocicletas

Vai ter motocicleta no Rock in Rio!

O Rock in Rio vai receber um dos mais importantes nomes da customização de motocicletas do Brasil: Chrys Miranda, fundador da oficina Garage Metallica

veja mais

Utilitários

Volkswagen Amarok V6 Highline chega em fevereiro

Picape está disponível em programa de pré-venda, a partir desta terça-feira 5, com lote exclusivo de 450 unidades e preço promocional de R$ 187.710

veja mais

Carros no cinema

Ford Mustang no cinema

Em 53 anos de história, o esportivo soma nada menos que 3.800 aparições em filmes e na TV

veja mais

Automóveis

Suspendisse tristique nisi ante, ac condimentum magna tempor at

Nullam in molestie arcu. Vestibulum sollicitudin neque nec bibendum dictum. Vestibulum et enim pulvinar, interdum lectus sit amet, volutpat nibh. Nulla tincidunt nunc sed nisl luctus vehicula. Vestibulum nec dapibus velit.

veja mais

Motocicletas

Suspendisse tristique nisi ante, ac condimentum magna tempor at

Nullam in molestie arcu. Vestibulum sollicitudin neque nec bibendum dictum. Vestibulum et enim pulvinar, interdum lectus sit amet, volutpat nibh. Nulla tincidunt nunc sed nisl luctus vehicula. Vestibulum nec dapibus velit.

veja mais

Utilitários

Suspendisse tristique nisi ante, ac condimentum magna tempor at

Nullam in molestie arcu. Vestibulum sollicitudin neque nec bibendum dictum. Vestibulum et enim pulvinar, interdum lectus sit amet, volutpat nibh. Nulla tincidunt nunc sed nisl luctus vehicula. Vestibulum nec dapibus velit.

veja mais

Carros no cinema

Suspendisse tristique nisi ante, ac condimentum magna tempor at

Nullam in molestie arcu. Vestibulum sollicitudin neque nec bibendum dictum. Vestibulum et enim pulvinar, interdum lectus sit amet, volutpat nibh. Nulla tincidunt nunc sed nisl luctus vehicula. Vestibulum nec dapibus velit.

veja mais